Pós-graduação e MBA: entenda as diferenças

Pós-graduação e MBA: entenda as diferenças

Terminei a graduação, mas e agora, o que fazer? Com o número cada vez maior de concluintes de cursos do ensino superior, mais especificamente a graduação, o número de concorrentes com esse nível de instrução também aumenta na mesma intensidade, fazendo com que o mercado exija ainda mais qualificação dos candidatos e até mesmo dos profissionais que já estão atuando.

A questão, então, é: como agir diante desse cenário? Ou mesmo, para onde seguir? E no caso de uma continuidade, o que escolher: pós-graduação ou MBA? Pensando nessas questões tão comuns entre os que estão estudando e os que já estão formados, preparamos algumas explicações que podem esclarecer certas dúvidas e orientar sobre a opção mais adequada a escolher.

Pós-graduação

Como o nome já dá a entender, trata-se de todo curso realizado após a graduação.  E é um seguimento dividido em dois grandes grupos: lato sensu — no qual se enquadram as especializações; e stricto sensu — no qual estão incluídos o mestrado, o doutorado e o pós-doutorado.

O primeiro, lato sensu, visa aprofundar o conhecimento do aluno em uma determinada área da carreira que escolheu. Geralmente, é a modalidade mais procurada pelos profissionais que querem garantir um diferencial no mercado de trabalho e se desenvolver em um campo específico de sua formação.

Já o segundo, stricto sensu, volta-se para os profissionais que desejam seguir na carreira acadêmica e na área de pesquisa. Nessa categoria estão envolvidos os cursos de mestrado e doutorado, e os diplomados podem lecionar nas instituições de ensino superior e/ou atuar como pesquisadores.

Algumas considerações:

  • Prós: Os cursos de pós-graduação aprimoram o currículo e permitem ao concluinte obter uma vaga de professor no terceiro grau (nível superior). Sem contar que os programas de mestrado, voltados para áreas específicas do mercado de trabalho além da educação, estão crescendo.
  • Contras: Há poucas vagas para pesquisadores nas universidades brasileiras. E, ademais, certos cursos têm um valor muito elevado e costumam consumir bastante tempo e dedicação dos estudantes.

ós-graduação e MBA: entenda as diferenças - mba

MBA

MBA nada mais é do que um lato sensu, ou seja, um curso voltado à especialização, embora com uma carga horária maior. É um termo proveniente da língua inglesa: Master in Business Administration. Mas, apesar do nome, no Brasil o curso não é considerado um mestrado.

As principais áreas do MBA são direcionadas aos negócios e à administração. Por isso, o programa é mais indicado para empreendedores e profissionais da área corporativa, que queiram se aperfeiçoar e obter um diferencial no que se refere à gestão de empresas e negócios.

Algumas considerações:

  • Prós: Os cursos oferecem bases amplas de conhecimento, permitindo ao profissional atuar, de forma mais impactante, como administrador e gerente de negócios e pessoas. Além disso, garantem maior possibilidade de empregabilidade e mais experiência ao estudante.
  • Contras: É um modelo relativamente novo de pós-graduação no Brasil e não muito tradicional. Os valores, geralmente, são bem elevados e, por causa disso, é necessário escolher com muita cautela a melhor instituição para realizar o curso.

A principal diferença entre os cursos de pós-graduação e MBA são exatamente os objetivos, cada qual em uma abordagem e linha de pesquisa específica. Resta ao estudante ou ao graduado saberem exatamente em qual área desejam atuar: especialização profissional, pesquisa e educação ou gestão de negócios.

Embora a maior dificuldade para todos esses modelos seja o tempo e o custo, tal situação está melhorando e tornando-se mais favorável, graças à popularização da educação a distância, que tem permitido maior flexibilidade, preços mais acessíveis e com uma qualidade de ensino também de alto nível.

E, então, conseguimos esclarecer algumas dúvidas? Dê a sua opinião e fale sobre os seus interesses nos comentários. Combinado?

Vale a pena fazer uma pós-graduação?