Curso EAD ou presencial: 4 dicas na hora de escolher

Curso EAD ou presencial: 4 dicas na hora de escolher

ensino superior é um fator fundamental para o sucesso profissional e estabilidade nos dias atuais. Diante disso, o número de instituições de ensino vem aumentando substancialmente, tanto de maneira presencial quanto à distância, permitindo acesso a um maior número de pessoas. Mas é preciso compreender que estas duas modalidades de ensino não competem entre si, um equívoco comum entre estudantes de uma ou outra modalidade.

curso EAD, tanto quanto o presencial, possui suas próprias características, vantagens e desvantagens e são melhor aproveitados por cada pessoa, dependendo de suas condições e necessidades. Mas, como saber qual é a melhor opção para você? Veja algumas dicas:

  1. Disponibilidade de tempo

Uma das maiores dificuldades para algumas pessoas que buscam iniciar os estudos no ensino superior é justamente o tempo, em especial àquelas que não podem abrir mão de trabalhar e, muitas vezes, estão em um trabalho que não tem um horário fixo.

Para essas pessoas, a educação a distância pode ser uma boa saída, já que os cursos são flexíveis e os horários são feitos pelo próprio aluno, que pode estudar a qualquer hora do dia, bastando ter acesso à internet e o melhor: sem perder a qualidade do conteúdo.

O mesmo serve para pessoas que, por vezes, acabam morando muito longe de universidades ou que viajam muito, mas não querem abrir mão dos estudos.

Mas se você não trabalha ou tem algum período livre, principalmente após ter saído do ensino médio a pouco tempo, o curso presencial pode ser uma boa opção.

Curso EAD ou presencial: 4 dicas na hora de escolher - disponibilidade de tempo

  1. Custo-benefício

Outra questão chave para a escolha de um curso superior é o valor das mensalidades, como é de conhecimento da maioria. As mensalidades de um curso a distância são, em média, 15 a 20% mais baratas que um curso presencial, sem falar nos gastos com alimentação e transporte, que acabam acrescendo em muito no valor investido em cursos presenciais.

  1. Interatividade x conteúdo

Um dos maiores atrativos do curso presencial é a interatividade entre estudantes e entre alunos e professores, não necessariamente do mesmo curso — o networking, propriamente dito. A oportunidade de interatividade e contato com diferentes opiniões agregam, e muito, no curso e formação do aluno, o que não ocorre — ao menos não com tanta frequência —, no curso EAD.

No entanto, no quesito conteúdo, os dois são bem similares, a diferença é que no curso EAD as matérias e conteúdos são mais diretos e adaptados para os meios de comunicação e multimídia.

Curso EAD ou presencial: 4 dicas na hora de escolher - interatividade x conteudo

  1. Senso de responsabilidade

Para ambos os tipos de ensino, o aluno precisa ser dedicado e ter um senso de responsabilidade muito grande. A desconfiança por parte das pessoas no que diz respeito à educação a distância, vem do fato de que somos acostumados, desde cedo, com o processo de aprendizagem clássica — professor-aluno — e que pouco dá espaço para a autonomia dos estudantes.

Independente da escolha pelo curso presencial ou o curso EAD, o aluno tendo escolhido a instituição correta e se focando adequadamente, os resultados serão satisfatórios. Vale lembrar que o maior responsável pelo conhecimento e educação é o próprio aluno, claro, em conjunto com uma boa instituição. É importante também o aluno nunca abrir mão de cursos que sejam aprovados pelo MEC, sejam eles presenciais ou a distância.

Curtiu as dicas e gostaria de receber mais informações? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

Vale a pena fazer uma pós-graduação?